Pokémon! Rotação 2019

 E ai jovens, aqui quem fala é o TiuSam! Hoje vou falar sobre um assunto que normalmente confunde novatos ou jogadores com uma pequena estrada em um ambiente competitivo, a não tão famosa mas assustadora ROTAÇÃO!

Basicamente a rotação, serve para te manter mais facilmente atualizado dentro do formato “padrão”, aceitando apenas as últimas coleções lançadas, normalmente no prazo dos 2 últimos anos. Pra explicar melhor, eu vou usar diversos exemplos para tentar ilustrar o ambiente em si, o formato “padrão”, assim como seu nome já nos diz, é o formato mais ativo de um card game, é o que gera mais torneios e o mais jogado entre os jogadores.

O Yu-Gi-Oh! Trabalha com a banlist, Magic The Gathering e Pokémon TCG trabalham com a sua rotação, hoje eu vou explicar a rotação do Pokémon TCG, como ela funciona, afinal ela está muito próxima de acontecer de novo, mas lhe garanto que esse conhecimento não vai ser em vão em outros card games.

Vamos criar um ambiente fictício de estudos, com aquele pesadelo de uma prova final de recuperação de uma matéria no final do ano, onde o professor simplesmente fala que a matéria da prova, é a matéria do ano todo! Te deixando em pânico, sem saber quais capítulos dar mais importância, quais textos em seu caderno revisar com mais atenção, sem contar com o medo clássico daqueles que não dominam uma matéria, cair na prova “apenas o que eu não sei ou estudei”. Esse último cenário, é literalmente o do jogador novato.

Conteúdo pra dar e vender

Se o jogador novato ao invés de estudar algo que caiu o ano todo, tivesse que estudar algumas páginas direcionadas, tivesse número de capítulos limitados, ao invés do livro todo, ele consegue achar um rumo, consegue se descobrir ali, na medida do seu interesse vai se sair bem nessa “prova”. Agora vamos trocar todo esse ambiente de aula e provas, para cartas, montagem de decks, entender o que vai acontecer dentro de um campeonato.

Imagine o quanto é assustador para alguém que está começando, saber que ela provavelmente nunca vai saber o mesmo tanto que alguém que já joga há anos, pois tem muita carta, mas muita carta mesmo pra ela ler, decorar, ter uma certa afinidade com seus efeitos básicos. Quando você faz esse corte de capítulos, que aqui vamos mudar pra coleções, você diminui o impacto disso diante das pessoas. Sabe aquela carta boa, que sai em uma coleção que ninguém mais abre ou tem interesse em abrir, todos os seus amigos tem na quantidade que precisam, porém, o novato não consegue comprar nem trocar com ninguém. Esse tipo de situação é a intenção de resolução da rotação, mas é claro que não é só isso.

Equilíbrio

Todo card game tem uma equipe estratégica por trás dele, hoje o efeito ruim de uma carta, 2 anos depois se combinado com efeito de uma outra carta, pode se tornar algo extremamente forte, mas o grande medo aqui é se tornar “invencível”. Normalmente um grande deck, vence outros grandes decks, mas sempre tem um ponto fraco, isso precisa existir para se criar um ambiente saudável dentro do jogo. Com esses cortes de coleção, se ameniza o problema de algo lançado a muito tempo entrar em conflito com algo recente se tornando um combo imparável, que só será corrigido com um banimento, que nunca cai bem pra nenhum card game. Banimento é sempre uma carta de alto valor, se tornando uma carta que não vale mais nada, alguém perdeu dinheiro ai, jogadores vão ficar chateados, a comunidade perde rapidamente como um todo.

O segundo ponto é o comercial, imagine você gostar muito de um Deck, apaixonou na forma dele joga, investiu todo seu dinheiro em ter a lista fechada dele, colocou até umas cartas mais tunadas, full arts, secretas, pra ficar todo brilhoso! Esse Deck, dificilmente seria abandonado por você, se não houver um fim, você nunca mais compraria cartas novas, com mecânicas novas, pois essa já te satisfaz e você está satisfeito em ter um Deck que sempre que der vontade de jogar Pokémon TCG, você vai em alguma liga com ele ou tirar a prova se você ainda está em forma em um torneio. Nesse ponto, você parou de comprar, as engrenagens continuam rodando, você deixou de interagir com os novos produtos, comercialmente falando o jogo se torna falho, então ele precisa desse reset também emocional, pra te manter se atualizando com as cartas novas, sabendo do seu provável fim.

O padrão de sempre

Legal pontuar a palavra “provável” aqui, pois a rotação no Pokémon TCG acontece todos os anos! Sempre depois do Mundial de Pokémon, que há 13 anos acontece em Agosto. Ela nunca pega ninguém de surpresa, ela tem um sentido, você pode até errar as coleções que vão cair, mas não por um chute isolado, sempre por um palpite pessoal que talvez dê errado.

A rotação atual vai ser feita removendo as coleções 1, 2, 3 e 4 do bloco Sol e Lua. São respectivamente seu Base Set, Guardiões Ascendentes, Sombras Ardentes e Invasão Carmim. Entre as coleções 3 e 4 foi lançado um set especial chamado Lendas Luminescentes, apelidado de 3.5, ele também sai do formato. Basicamente 1 ano de lançamentos foi removido do jogo, para que um próximo ano seja lançado sem um grande acúmulo de cartas e coleções. Daqui 1 ano, o chute óbvio é que mais 1 ano de coleções sejam removidas.

As vezes você pode fazer um chute se baseando em mecânicas, até a Sol e Lua 4, não existiam as cartas Estrela Prisma, então é uma mecânica que surgiu a partir da coleção Sol e Lua 5. Mas olhem só, a mecânica já acabou, não está sendo mais lançada, a última coleção em que foi usada foi a Sol e Lua 8, indicando que esse provavelmente será o nosso novo ponte de corte para 2020, removendo 4 coleções inteiras e a especial 7.5 Dragões Soberanos, idêntico a desse ano! Pra complementar esse possível chute, na Sol e Lua 9 ganhamos a nova mecânica de GX Aliados que se mantém nos atuais lançamentos, em 2021 é possível que esse seja o corte, mas uma previsão de 2 anos de antecedência, apesar de fazer sentido, considero muito ousada. Apenas guarde essa linha de raciocínio.

Entendendo o que vale e o que não vale

Bloco Sol e Lua, todas as coleções hoje válidas são desse bloco. Soa fácil não é mesmo?! Basta avisar para o novato que só valem cartas das coleções Sol e Lua, o cara já entendeu a rotação! Isso acabou agora, é importante você entender como um todo, pois agora o aviso correto seria “Sol e Lua 5 pra frente” ou “Ultra Prisma pra frente”. O novo jogo de Pokémon para vídeo game já foi anunciado, vai se chamar Sword and Shield, o TCG sempre acompanha a franquia principal em seus lançamentos, muito em breve estão jogando lado a lado cartas de Sol e Lua e de Sword and Shield, então o ideal sempre é saber as coleções que valem, ignorando o fator do bloco, foi um período de sorte que vai acabar em Agosto agora!

Como saber de que carta é uma coleção? No canto inferior esquerdo da carta, tem um símbolo e um número. Com pesquisas rápidas na internet você também vai conseguir identificar isso. Atualmente a própria Pokémon fez um aplicativo oficial com todas as cartas do formato atual disponíveis. Então baixe agora o “Pokémon DEX”.

Em alguns casos irão acontecer reprints, você terá cartas com o mesmo nome, mesmo efeito lançado numa coleção atual mas que também foram lançadas em coleções antigas. Essas cartas podem ser usadas, mesmo não sendo da “coleção válida”, não tendo esse símbolo das coleções que estão liberadas. Em casos de uma alteração no texto, você ainda pode usá-las, porém o texto válido será o da mais atual. Quando a nomenclatura da carta muda, ela não é considerada um reprint, mesmo que tenha o mesmo nome.

As cartas vem e vão…

Sobre energias básicas, você sempre pode utiliza-las independente da época lançada, desde que estejam em bom estado e não sejam consideradas cartas marcadas. O mesmo não se aplica para energias especiais, essas precisam entrar no quadro de “Reprint” citado acima, ter sido lançada novamente mais recentemente em outra coleção.

Para finalizar, preciso te dizer que cartas não são somente lançadas em coleções, existem cartas exclusivas de boxes Premium, latas, triple Pack, ações comerciais envolvendo a marca Pokémon, tudo isso tem que valer também, correto? Correto! Cada bloco possui uma abreviatura, atualmente no bloco Sol e Lua se chama SM, as cartas promo começam com essa sigla no lugar do símbolo da coleção seguida de uma numeração. Ao invés de você fazer um rastreio como “não vale mais as 4 primeiras coleções, a lata do Marshadow, Necrozma e Ho-oh, a box especial do Charizard, a Box especial da equipe skull…. também não vale mais esse, esse e esse produto!” Ufa, exemplo longo, mas seria MUITO mais longo se eu tivesse que citar TODOS os produtos que valeriam e todos que não valeriam.

Todas as cartas promocionais são lançadas com 1 número, então junto com o anúncio das coleções que não valem mais, avisam a numeração das cartas promos que também não vão valer. Por exemplo, da SM1 a SM93 (ou seja, 93 cartas promo!), normalmente saem muitas, atualmente temos mais de 200, mas essas 93 primeiras não poderão mais ser jogadas. Fica muito mais fácil de acompanhar quais cartas podem ou não dessa forma, ao invés de lembrar cada produto.

Estratégia para investimentos

Não é sempre que uma carta é banida que você “perde dinheiro”, quando ela é rotacionada, acontece praticamente o mesmo, mas apesar de parecer traiçoeiro, algo que o jogador sempre perde, vou apontar uma simples linha de pensamento; vamos pensar em uma carta cara! Ela é cara nesse formato, no jogo com as atuais cartas lançadas, se uma carta nova lançar e for anti ela ou melhor que ela, automaticamente ela cai de preço e a carta cara passa a ser uma nova ou uma carta muito antiga atrapalha uma carta nova que teria um grande potencial.

Esse último cenário, é o mais provável e o que mais acontece, então basicamente se você está vendo uma carta cara, é porque alguma outra que conseguiria bater de frente não está mais lá, essa questão de momento da carta, é o que dita o preço dela. Pokémon TCG pra mim não é investimento nas cartas que não tem um ar colacionável, é um jogo muito divertido onde você pode jogar grandes torneios e ganhar até mesmo um bom dinheiro como premiação!

A idéia é explicar a rotação no geral, então não vou falar das “perdas” que temos de estratégia do jogo. Tem 6 anos que a Pokémon nos acostumou a jogar com a carta Ultra Bola, buscando qualquer Pokémon no Deck ao descartar 2 cartas da sua mão, essa carta está indo embora, é uma mecânica que até o momento será perdida, então vamos ter que REAPRENDER O JOGO, esse ponto ele é bonito, ele te mantém com a devida atenção do hobby. Junto com a Ultra Bola temos outras cartas excelentes que vão sair, incluindo o Zoroark GX.

Se preparando para a rotação

Continuando na linha do “Reaprender o Jogo”, pela primeira vez a rotação vai acontecer antes do Mundial! Isso para a grande maioria dos jogadores (casuais), não surte efeito algum, mas para quem tem os olhinhos brilhando para o competitivo, isso é algo pra sempre estar atento! Os primeiros jogadores a jogar esse novo formato, após rotação em 2019, vão ser os jogadores “profissionais” competindo pelo título Mundial de Pokémon. Pensa o tamanho da responsabilidade e das habilidades na montagem de Decks, não vai haver nenhum torneio antes dentro desse formato. Acabando o Mundial, os jogadores casuais estarão numa boa, pois os “profissionais”, vão ter entregue as melhores estratégias, combinações, deixando todos com um ponto de partida para investir no formato.

Outro ponto da rotação, é saber onde investir. É claro que se você não vai jogar muito por agora, não vai jogar nenhum torneio grande competitivo, você não vai comprar nenhuma carta cara ou se apaixonar por um Deck que será rotacionado em agosto, preciso te advertir disso! Tudo que você investe no Pokémon TCG dura uns 2 anos, qualquer lançamento, vai jogar por 2 anos. Não é um bicho de sete cabeças, pode ser totalmente dominado por você.

Tudo isso que foi dito, é válido para o formato Padrão, no Pokémon TCG também possuímos o formato Expandido, porém esse não é muito jogado no Brasil. Basicamente nele valem cartas do bloco Black and White pra frente, incluindo também o bloco da XY e o atual bloco Sol e Lua, todas as cartas juntas, com uma lista de banimento particular, que é sempre atualizada no site da Pokémon. Mas foco no Padrão, é isso que nós usamos no dia a dia e nos nossos torneios locais, se houver necessidade de conversarmos sobre o expandido, eu vou explicar com mais detalhes!

Pra fechar com chave de ouro

Ficou com alguma dúvida? Procure tirar ela sempre com algum jogador de confiança, evite comprar cartas de coleções que vão cair, afinal de contas, o jogador mais experiente quer se livrar delas por algum motivo, mas não é justo ele te lesar nessa situação, a comunidade em um todo vai sentir o seu prejuízo. Compra de alguma loja? Frequenta alguma liga? Converse com o organizador lojista, ele também com certeza vai te manter informado e dividir a experiência dele com você.

Para se manter atualizado dentro do Pokémon TCG, eu me coloco a disposição também de tirar qualquer dúvida sua, através do meu canal que produz conteúdo atualizado do jogo diariamente no Youtube, basta seguir por lá www.youtube.com/tiusam182 ou seguir nas redes sociais Twitter e Instagram @lucastiusam

A rotação é algo que não é muito bem falada, acaba assustando jogadores, mas é algo que 1 vez aprendido é pro resto da sua vida compreendido. Então eu espero que esse artigo tenha te iluminado em algumas partes escuras sobre o assunto, que tenha diminuído as suas dúvidas, caso elas persistam, tire com pessoas próximas ou fale comigo nas redes citadas acima.

Eu espero que vocês tenham passado por um bom momento lendo esse artigo, até a próxima, fiquem com Deus, #brofistdosbrothers e SHALLOW NOW!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*