Conheça a história secreta da Rosalina do Super Mario Galaxy!

Conheça a história secreta da Rosalina do Super Mario Galaxy


 

Conheça a historia secreta da Rosalina do Super Mario Galaxy

Imagem: Mario Wiki

Desde a sua primeira aparição no Super Mario Galaxy lá em 2007, essa misteriosa guardiã da galáxia tem sido personagem recorrente em todo lugar: ela aparece em mais dois jogos da saga principal (Super Mario Galaxy 2 e Super Mario 3D World) e em vários das outras: 4 vezes em Mario Kart, um Mario Party, Mario Golf e, mais recentemente, no famoso Super Smash Bros. Mas além de saber que ela tem uma queda por estações espaciais e azul turquesa, o que mais sabemos sobre essa suposta princesa? Qual é a sua identidade? De onde ela veio?

Supreenda-se com a resposta a essa e outras perguntas e descubra uma teoria cheia de controvérsias, que vai contra tudo que você sabe sobre a saga do Mario!

Desvendando o mistério

Antes de qualquer coisa, precisamos avisar: muitos spoilers da saga Super Mario Galaxy pela frente! Mas depois de 8 anos do lançamento você provavelmente já conhece a história, não é?

Ao longo do jogo, Rosalina conta uma história sobre uma menininha em sua aventura de encontrar a mãe perdida de uma Luma (as estrelinhas do jogo), e talvez você até tenha percebido que essa história, na verdade, é a história da própria Rosalina!

Mas o importante começa lá pelo capítulo 4, quando o livro mostra ilustrações que nos dão duas rápidas vistas da mãe, a primeira de costas e a segunda vez de frente, que mostra a metade inferior de seu rosto. Quem está ansioso para a próxima fase do Mario pode não perceber os detalhes na hora, mas o estilo do cabelo, a coroa na cabeça, e os brincos gigantes azuis são, na verdade, da Princesa Peach, ou seja, a Peach é a mãe da Rosalina!

Neste momento você pode estar pensando: “mas isso é muito genérico, pode ser qualquer outra princesa!” E a verdade é que sim, aquela pode ser qualquer outra princesa, por isso vamos continuar desvendando o mistério e achar mais provas.

As torres do castelo

Voltando para o livro, no capítulo 7, a menina conta como ela gostava de olhar para a sua antiga casa usando o telescópio do pai dela, e a ilustração mais uma vez nos dá uma pista: a antiga casa da Rosalina é um castelo de 3 torres, com a central sendo mais alta, igual ao castelo da Peach no Super Mario 64!

E, mais uma vez, podemos argumentar que aquele pode ser qualquer castelo genérico, afinal, ela é uma princesa e faria sentido se sua casa antiga fosse um castelo. Precisamos de provas concretas e científicas, que mostrem de uma vez por todas que a Peach e a Rosalina são parentes, e o melhor jeito de fazer isso é olhar o DNA das duas, certo? Mas como?

DNA nas orelhas

Você provavelmente já teve (ou terá em breve) aulas de genética no final do ensino fundamental, e deve se lembrar daquele negócio de gene recessivo e gene dominante. Se não, vamos fazer um resuminho aqui:

Você sabe como funciona a genética?

Sendo bem breve, você recebe para cada característica um gene da sua mãe e um do seu pai. O problema é que existem genes mais fortes que outros, chamados dominantes, e outros mais fracos, chamados recessivos. Olhos azuis, por exemplo, são recessivos, enquanto olhos castanhos são dominantes, por isso, se seu pai tiver olhos azuis e sua mãe tiver olhos castanhos, as chances de que você tenha olhos escuros são bem maiores.

A mesma coisa acontece com os famosos lóbulos das suas orelhas (aquela partezinha redonda e mole, onde se furam os buraquinhos para usar brincos): lóbulos soltos são dominantes, e lóbulos grudados são recessivos.

E como isso prova a nossa teoria?

Indo direto ao assunto: os lóbulos da Rosalina são claramente grudados, e apesar de a princesa Peach usar brincos gigantes, temos acesso a ela em “versão baby” em vários jogos, antes de ter suas orelhas furadas, e elas também são claramente grudadas!

Além disso, o fato de o Mario (que seria o suposto pai), também possuir orelhas com lóbulos grudados indica que ambos possuem apenas genes recessivos, fazendo com que as chances de um filho (ou filha) ter lóbulos grudados é de nada menos que 100%!

Podemos fazer o mesmo procedimento na cor dos olhos e do cabelo, e a conclusão é a mesma (apesar de esses fenótipos serem ditados por múltiplos genes): a princesa que aparece no livro de Super Mario Galaxy como sendo a mãe da Rosalina é, na verdade, a princesa Peach!

E você, o que achou dessa ideia louca? Consegue achar furos na teoria ou consegue achar mais provas? Conte para a gente nos comentários e participe da discussão!

Imagem de destaque por:

Mario Wiki (http://www.mariowiki.com/images/0/03/Ch4_3.png)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*